Camp City Fc : site oficial do clube de futebol de campinas - footeo

#EscandaloFc# Cristiano Ronaldo envolvido em escândalo sexual

25 de novembro de 2017 - 04:59

O craque português terá pago mais de 258 mil euros a uma mulher que o acusa de ter sido violada. O advogado do futebolista nega que tal seja verdade e garante estar pronto para accionar medidas legais para proteger Ronaldo.

O negócio terá sido feito em 2010. A revista alemã ‘Der Spiegel’ cita a Football Leaks e os documentos apresentados por esta rede de informação online. Ronaldo terá pago mais de 258 mil euros para calar uma mulher que o acusaria de violação.

O caso remontará a 2009 e terá acontecido num hotel em Las Vegas, nos Estados Unidos.

O acordo extrajudicial foi definido 7 meses depois dos alegados acontecimentos, a 12 de janeiro de 2010. Quem ficou responsável por tratar de tudo, terá sido, ainda segundo a revista alemã, o advogado Carlos Osório de Castro. Aliás, ele mesmo se terá deslocado aos Estados Unidos, para também assinar o documento, com procuração de Cristiano Ronaldo.

Ao assinar este acordo, a mulher aceitaria retirar a queixa, contra o internacional português e enviaria, ainda, uma carta escrita pelo seu punho, para ser entregue a Ronaldo, detalhando todas as agressões de que o acusava.

Neste momento, o advogado alemão de Ronaldo, Johannes Kreile, que foi questionado pela revista Der Spiegel, desmentiu "nos mais fortes termos" a "acusação que a pergunta sugere. O causídico promete acionar todos os meios legais contra "qualquer alegação falsa assim como qualquer violação dos direitos de personalidade do jogador".

Este sábado, a notícia da alegada violação de Cristiano Ronaldo à mulher norte-americana, revelada pelo jornal alemão, correu mundo, e num ápice se transformou no tema quente em toda a imprensa internacional.

Esta é a segunda vez que Cristiano é acusado de violação. A primeira aconteceu em Inglaterra, em 2005, quando se transferiu para o Manchester United.

Comentários